Geral

VOCÊ AINDA NÃO ENTROU NA GREVE? SAIBA, DESEMBARGADORES TAMBÉM FIZERAM GREVE EM MG!

quinta-feira, 19/11/2015 13:36

VOCÊ AINDA NÃO ENTROU NA GREVE? SAIBA, DESEMBARGADORES TAMBÉM FIZERAM GREVE EM MG!

Se você ainda tem dúvidas sobre o seu direito de greve, relembre a greve dos Desembargadores, que aconteceu em 2006.

A matéria abaixo foi publicada na ocasião:

Desembargadores do TJMG em Greve!

“Para eles, liberdade de mobilização; para os servidores, o rigor

Enquanto tem agido com rigor e espalhado o terror em relação às greves que as diversas categorias de servidores decidam realizar como último recurso para obter êxito em suas mais do que justas reivindicações, os desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, sem nenhum temor, realizaram greve de um dia em 20 de março de 2006. O pior é que o movimento paredista do segmento foi uma demonstração de protesto contra a Resolução nº 7, do Conselho Nacional de Justiça, que proíbe o nepotismo no Poder Judiciário, e a criação do teto salarial no serviço público. Quanto à resolução nº 7, o então presidente do TJMG, desembargador Hugo Bengtsson, alegou que “Ao invés de fiscalizar os atos administrativos do Poder Judiciário, (o CNJ) está adentrando no Poder Legislativo”. A propósito da reação dos magistrados em relação à criação do teto salarial, o então presidente da OAB, Roberto Busato, classificou a greve como “lamentável e inaceitável”. “Paredista de toga, com salários acima de R$ 24 mil por mês (valor do teto que estava sendo criado) é inacreditável”, disse Busato.

Ainda bem que o movimento contrário dos desembargadores mineiros – como de resto da grande maioria da magistratura nacional, sempre ciosa de mais e mais ganhos econômicos e liberdade para legislar em causa própria – não conseguiu impedir que a resolução do CNJ e o teto salarial entrassem em vigor. Mas, mesmo assim, os tribunais de Minas e do país afora ainda driblam a legislação e normas, pagando vencimentos bem além do teto salarial para os magistrados”.

 

Links:

Conjur: Desembargadores de Minas param em protesto contra CNJ

Conjur: Desembargadores de Minas param em defesa do nepotismo

OAB: OAB condena greve dos desembargadores de Minas Gerais

Ascom do TJMG: Desembargadores do TJ de Minas Gerais anunciam greve

 

 

Gommo Desenvolvimento de Site e Lojas Virtuais em Belo Horizonte Agência Digital Belo Horizonte