Geral

TJMG NÃO AVANÇA EM NEGOCIAÇÃO – LUTA CONTINUA

quinta-feira, 25/01/2018 17:19

Há mais de um mês em greve parcial, os servidores Oficiais de Justiça Avaliadores de Minas Gerais se mantêm firmes no propósito de conquistar a regulamentação da jornada – ou gratificação por jornada especial – para toda a categoria. Em reunião de negociação nesta quarta-feira, 24/01/18, o Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Estado de Minas Gerais – Sindojus/MG, representado pelos diretores-gerais Emerson Mendes de Figueiredo e Valdir Batista da Silva, cobrou do desembargador Carlos Henrique Perpétuo Braga celeridade no atendimento às demandas do movimento grevista, iniciado em 18/12/17.

Na reunião de negociação ocorrida um dia após o início da greve, o TJMG se comprometeu com a criação de um Grupo de Trabalho (GT) para avaliar a necessidade de nova regulamentação para a expedição, distribuição e cumprimento de mandados. A proposta de criação do grupo, contudo, foi rejeitada em assembleia pelos Oficiais de Justiça. Ainda assim, no dia 08/01/18, a Portaria Conjunta nº 707/PR/2017 efetivou o referido grupo, que será composto por membros indicados pela Presidência do Tribunal de Justiça, pela Corregedoria-Geral de Justiça e por servidores. Diante da recusa da categoria, ficou acertado que os membros servidores Oficiais de Justiça não estarão ali representando o Sindicato.

O diretor-geral do Sindojus/MG Valdir Batista da Silva enfatizou a importância de dar prioridade à proposta de regulamentação da jornada de trabalho ou da gratificação por jornada especial, mesmo que se cogite a possibilidade de implementá-la de maneira diferida ou escalonada. Ele ainda reafirmou a expectativa da categoria de que o Tribunal de Justiça apresente nova proposta.

Nova reunião de negociação foi marcada para o dia 27/02/18, quando o Tribunal apresentará a conclusão dos seus estudos técnicos. Paralelamente, o GT dará continuidade às suas tarefas.

O Sindojus/MG informa que novas medidas de mobilização já estão em andamento e conclama toda a categoria a permanecer mobilizada e em GREVE! Somente com disposição para a luta conseguiremos demonstrar para o TJMG a importância de nossa categoria e o quanto ela é valiosa para todo o sistema de Justiça. Chega de abusos, por mais respeito e valorização!

Gommo Desenvolvimento de Site e Lojas Virtuais em Belo Horizonte Agência Digital Belo Horizonte