Data-base

SINDOJUS/MG questiona forma de pagamento da Data-base 2017

quarta-feira, 16/01/2019 18:43

SINDOJUS/MG, no dia 16/01/2019, protocolou o Ofício nº 008/2019 junto ao TJMG, reiterando a solicitação de reunião com a Pauta – Pagamento retroativo data-base 2017, para realização de um acordo de pagamento do retroativo que atenda de fato às expectativas da categoria.

Com a aprovação da Lei 23.111/18, antigo PL 4873/2017, em dezembro de 2018, o TJMG pagou uma parcela equivalente a 25% do retroativo da data-base, restando outros 75%. Sobre este restante, a expectativa era a de que o pagamento fosse quitado de maneira mais breve.

Para a surpresa de toda a categoria e também do SINDOJUS/MG, foi publicada uma nota na Intranet do Tribunal afirmando que iriam saldar o restante dos valores divididos em 36 parcelas, o que gerou muita insatisfação de todos uma vez que já se passaram dois anos e ainda aguardamos o pagamento completo do retroativo da DATA BASE DE 2017!!!!!  Confira abaixo:

Em relação às negociações sobre a recomposição salarial do ano-base 2018, esta sequer foi iniciada, sem falar que a data-base 2019 já deveria ser implementada no próximo mês de maio e ainda não sabemos sequer o índice a ser aplicado.

O pagamento dos valores remanescentes no prazo de 36 meses é vista de maneira insatisfatória pela categoria e pelo SINDOJUS/MG.

Servidor relembre por meio deste link, todo o histórico de luta pelo reajuste da Data-base 2017.

Compartilhamos da preocupação de nossa classe e continuaremos cobrando das autoridades do TJMG por uma resolução justa. Fique atento aos nossos meios de comunicação para novas informações.

#UnidosSomosMaisFortes #SindicatoForte #OJA

 

Campanha de contribuição Sindical Voluntária – Sindicato Forte! Faça parte!

 

Participar das conversas em nossos grupos de whatsapp clique aqui.
Para receber mensagens em nossas listas de distribuição clique aqui.

Gommo Desenvolvimento de Site e Lojas Virtuais em Belo Horizonte Agência Digital Belo Horizonte