ALMG, PL 1022/19

PL 1022/19: votação encerrada com uma conclusão não favorável à classe

quarta-feira, 27/11/2019 16:48

Após um período de lutas intensivas realizadas pelos sindicatos SINDOJUS/MG, SERJUSMIG E SINJUS-MG, em conjunto com a classe de OJA’s, para a aprovação das três emendas referentes ao PL 1022/19, foi enfim realizada a votação decisiva na manhã do dia 27/11/19, na ALMG, com uma conclusão não favorável à classe.

Em reunião na Assembleia Legislativa, foi esclarecido que juntamente com a proposta da Deputada Beatriz Cerqueira, a proposta das emendas foi apoiado pela liderança da Minoria de André Quintão, do PT. Sendo insuficiente para ganhar no plenário, todos os outros líderes estão fechados com a posição do tribunal. Sendo essa, de rejeitar as emendas referentes ao fim do limite de vagas para fins de promoção vertical em conjunto com a especialidade, em lei, do cargo de Oficial de Justiça, acatando somente o aproveitamento dos aprovados no atual concurso vigente.

Em plenário, a Deputada Beatriz Cerqueira relata:

“Eu mantive o compromisso com os 3 sindicatos de não retirar nenhuma das 3 emendas que permanecem aqui no plenário… Eu consultei os sindicatos na nossa interlocução e deixei claro que não teria nenhum problema em manter as emendas contando-as e colocando sob a possibilidade de vitória ou da derrota. Poderia perfeitamente marcar posição, mas eu acho que não é meu papel como deputada… Nós precisamos avançar no conteúdo que represente algum avanço para os sindicatos aqui presentes e, foi exatamente essa a tentativa. Não vejo ainda motivos para o tribunal fazer a limitação da promoção vertical, mas nós saímos dessa posição do tribunal para um avanço de 25% para os cargos que estão colocados na unificação das carreiras…”

Em continuação, a Deputada Beatriz fala sobre a 3ª emenda, referente aos OJA’s:

“Nós tentamos muito avançar na terceira emenda, relativa a carreira do Oficial de Justiça Avaliador, porém não conseguimos avançar. Eu conversei com a direção do SINDOJUS/MG e disse a eles que assumiria aqui no plenário esse compromisso, chamando os nossos líderes André Quintão, o qual já temos o apoio dele, Gustavo Valadares, Cássio Soares e Sávio Souza Cruz para que nós possamos de forma concreta mediar uma negociação, do SINDOJUS com o Tribunal de Justiça, para que possamos avançar nas demandas das carreiras, e outras questões que foram pautadas pelo SINDOJUS/MG que não foram contempladas na emenda.”

A diretoria do SINDOJUS/MG declara:

“Nossa luta continua, estamos esperançosos em fazer uma evolução em conjunto ao Tribunal de Justiça, com projetos paralelos sobre o nível superior e nossa especificação de carreira. Mas, para que possamos continuar com o avanço de nossa carreira no futuro precisamos unir forças e correr atrás dos nossos objetivos.”

Apesar de nossa emenda ter sido prejudicada, não podemos desanimar! O SINDOJUS/MG vai continuar lutando para garantir a carreira e os direitos de nossa classe, por isso precisamos de união mais do que nunca, temos que mostrar nossa força.

#UnidosSomosMaisFortes #SindicatoForte #VidadeOficial #IIICONOJUS #ParticipedoIIICONOJUS 

 III CONOJUS – Próxima parada: Estação Minas Gerais!

Participar das conversas em nossos grupos de whatsapp clique aqui.
Para receber mensagens em nossas listas de distribuição clique aqui.

Gommo Desenvolvimento de Site e Lojas Virtuais em Belo Horizonte Agência Digital Belo Horizonte