Cumprimento de Mandados, Segurança

Nota do diretor do SINDOJUS-CE: A Vida do OJA

quinta-feira, 04/06/2020 12:44

Reprodução do texto na íntegra SINDOJUS-CE

Os Oficiais de Justiça são servidores que pisam desde os tapetes vermelhos dos palácios da justiça até as ruas enlamaçadas das favelas. Nestas últimas, adentram em ruas e becos dominadas por pessoas perigosas apenas com uma caneta na mão e a proteção divina.

Os oficiais de justiça exercem trabalho extremamente perigos, exercendo penhoras, buscas e apreensões e pessoas e coisas, afastamentos do lar etc. Apoio policial somente em último caso e mesmo nestes, o Oficial acompanha a diligência sequer com coletes a prova de balas. Sua proteção é graça divina, uma prancheta e uma boa forma para correr.

Além da periculosidade do seu trabalho, os Oficiais exercem trabalho insalubre, tendo que enfrentar chuva e sol e os mais diversos ambientes, como os presídios, estando sujeito às diversas enfermidades contagiosas.

Aposentadoria por atividade de risco não se trata de privilégio algum, mas sim de um pleito justíssimo, por arriscar a vida para dar efetividade as mais diversas ordens judiciais, assim como os policiais arriscam suas vidas para dar segurança à população, sendo que estes agem em conjunto e aqueles sozinhos.

Quem crítica deveria ir um dia acompanhar o trabalho dos oficiais de justiça de todo o Brasil e ver a realidade antes de qualquer comentário.

Glauber Maia, Oficial de Justiça do Ceará

Reprodução do texto na íntegra SINDOJUS-CE

Gommo Desenvolvimento de Site e Lojas Virtuais em Belo Horizonte Agência Digital Belo Horizonte