PEC 32/2020

Frente Parlamentar Mista do Serviço Público promove a 39ª reunião para debater ações contra a reforma Administrativa

quarta-feira, 28/04/2021 14:10

Após a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) realizar, na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (26/04/2021), a audiência pública para discussão da admissibilidade da Reforma Administrativa (PEC 32/2020), a Frente Parlamentar Mista do Serviço Público realizou, nesta terça-feira (27/04/2021), a 39ª reunião conjunta com as entidades parceiras, dentre elas o SINDOJUS/MG, para alinhar estratégias de atuação contra esta nefasta proposta.

A reunião se iniciou com o pronunciamento de Coordenador Geral do SINASEFE, Carlos David de Carvalho Lobão, o qual destacou a necessidade de falarmos sobre os significados da PEC 32/2020 para a população. Na oportunidade, Lobão citou o Deputado Darci Matos e seus pronunciamentos, como “o Brasil está estrangulado com o salário dos oficiais”, executando, logo depois, a defesa da Reforma Administrativa. Segundo apontou Lobão, com tais declarações ficou nítido o anseio do Deputado Darci pela aprovação da reforma.

Em sua participação, o Diretor Geral do SINDOJUS/MG, Eduardo Rocha, agradeceu o acolhimento que a entidade vem recebendo das demais instituições, destacou que os Servidores vêm sofrendo muitas derrotas e que devemos nos unir e ajudar, sempre em defesa do serviço público. O SINDOJUS/MG informou aos pares da frente que está à disposição e pronto para a luta.

Logo após, Fabiano Soares (SINTRAJUD/SP-FENAJUFE) abordou o assunto de maior destaque na reunião, com a afirmação: “devemos apontar as verdadeiras perdas e também expor o projeto para um todo”.

Dito isso, a reunião prosseguiu com um debate sobre a comunicação com a sociedade, abordando-se que deveriam ser explorados e ampliados os espaços de audiência. Rejane Soldane Sobreiro (CONACATE) mostrou a sua opinião, dizendo: “devemos furar a nossa bolha”. E complementou em seguida: “temos que vencer com a nossa comunicação com o público, criando assim um movimento contra a reforma”.

O Assessor Parlamentar Vladimir Nepomuceno destacou que não seria um bom momento para a aprovação da PEC 32/2020. Asseverou ainda que o ideal seria adiar o debate para um momento oportuno, isto é, após a pandemia da Covid-19.

#UnidosSomosMaisFortes #SindicatoForte #VocêNãoEstáSó

Campanha de contribuição Sindical Voluntária – Sindicato Forte! Faça parte!

Participar das conversas em nossos grupos de whatsapp clique aqui.
Para receber mensagens em nossas listas de distribuição clique aqui.

Gommo Desenvolvimento de Site e Lojas Virtuais em Belo Horizonte Agência Digital Belo Horizonte